O programa Jovem Aprendiz Correios 2019 foi criado baseado na Lei da Aprendizagem – Lei 10.097/00. Sua intenção é capacitar adolescentes e jovens de todo o Brasil tanto pessoal, como profissionalmente, além de aplicar princípios de ética e moral.

O programa seleciona adolescentes e jovens através de concurso público e, para isso, lança regularmente editais de seleção com todas as informações sobre como fazer a inscrição, quantidades de vagas, requisitos para participar, e jornada de trabalho.

A partir de agora veremos com mais detalhe como é o processo de inscrições e vagas do programa Jovem Aprendiz Correios 2019.

Como se inscrever

As inscrições como sempre gratuitas são feitas apenas pela Internet, através do endereço eletrônico http://www.correios.com.br, e clicando no link “Sobre os Correios > Recursos Humanos.”

Na sequência, você deverá preencher um formulário dentro do prazo estabelecido para inscrições, que geralmente são de 20 dias.

Durante o preenchimento da ficha de inscrição, o candidato a Jovem Aprendiz deverá optar por uma cidade de trabalho e de realização da prova.

Seleção

A sua seleção para ser contratado no programa Jovem Aprendiz Correios 2019 passará por quatro fases que listaremos a seguir:

1. Efetuar a inscrição via internet;

2. Comprovar os requisitos para ingresso no programa Jovem Aprendiz. Logo abaixo estão listados os requisitos;

3. Fazer os exames de admissão.

4. Assinatura da carteira de trabalho como Jovem Aprendiz.

Quantidade de Vagas

Para o ano de 2019, o programa Jovem Aprendiz dos Correios disponibilizou para adolescentes e jovens, um total de 4.983 (quatro mil novecentos e oitenta e três) vagas, e ainda, possibilidade de cadastro de reserva.

Todas as vagas são para assistente administrativo distribuídas em todo o território nacional.

Vale lembrar que, após a contratação, você poderá solicitar transferência para outra cidade, desde que seja de interesse da empresa e haja vaga na localidade para qual você deseja ir.

Requisitos para participar

Antes de você efetuar sua inscrição pelo site, certifique de que atende aos requisitos para participar, visto que o não atendimento elimina o candidato do concurso.

a) Ser brasileiro ou ter naturalidade brasileira;

b) Possui idade entre 14 e 22 anos. Vale destacar que para pessoas com deficiência a faixa etária é diferenciada;

c) Estar matriculado e concluindo o ensino fundamental ou cursando o ensino médio;

d) Não ter tido vínculo empregatício com os Correios;

e) Dispor de tempo para participar do programa de aprendizagem conjuntamente aos estudos regulares;

f) Apresentar comprovação de que durante a inscrição no programa estava dentro da faixa etária estipulada.

Outros requisitos poderão ser listados a depender de cada edital. Dessa forma, é útil acompanhar a página dos Correios onde são divulgadas as informações referentes aos editais. Para isso, acesse http://www2.correios.com.br/institucional/concursos/correios/lst_concurso.cfm?con_nu=1206

Não é obrigatório, mas é desejável que o candidato tenha noções básicas de editores de texto como o word ou writer, em programas de planilhas e tabelas como o Excel e o Calc, além de conhecimento em navegar e pesquisar na internet utilizando computadores desktop ou notebook.

Jornada de trabalho

A jornada de trabalho, ou jornada de aprendizagem como é chamada, será de 20 horas por semana, sendo distribuídas em quatro horas por dia.

Durante a realização do programa Jovem Aprendiz Correios, você deverá fazer 800 horas, no mínimo. O período total de trabalho será de 12 meses, sem possibilidade de prorrogação.

Do programa de aprendizagem

Durante o programa de aprendizagem você dividirá sua carga horária entre os Correios e o SENAI, sempre da seguinte forma:

1. A fase teórica será realizada no SENAI, e a fase prática dentro de uma agência dos Correios e sempre supervisionado por um funcionário.

2. O curso de aprendizagem poderá ser feito à distância, tipo EAD, ou desenvolvido dentro de uma unidade do SENAI ou de uma agência dos Correios.

3. Após o curso de aprendizagem, o adolescente ou jovem frequentará o SENAI por dois dias da semana, e três dias em uma agência do Correio. E isso será por todo o programa de aprendizagem jovem aprendiz.

É interessante destacar que após a conclusão de todo seu trabalho como jovem aprendiz, receberá um certificado de qualificação profissional que servirá para colocar no currículo, o que aumentará suas chances de conseguir trabalho permanente.

Para mais informações, acesse a página do programa Jovem Aprendiz Correios http://www2.correios.com.br/institucional/concursos/correios/lst_concurso.cfm?con_nu=1206

Estas informações lhe foram úteis? Pois compartilhe agora mesmo!