As oportunidades de trabalho parecem ter aumentado para esse ano, depois da crise do Coronavírus que levou milhares de pessoas a ficarem desempregadas e impediu que muitas empresas fizessem novas contratações. Para 2021, as expectativas são boas e nós já começamos o ano anunciando diversas vagas para jovens aprendizes na indústria.

Publicidade

Isso significa que jovens brasileiros que nunca trabalharam terão a primeira oportunidade de emprego e poderão se profissionalizar em um curso de qualidade, além de garantir uma vaga em uma excelente empresa. Atualmente, as indústrias estão oferecendo mais de 60 mil vagas para todo o país. Quer ver mais detalhes? Confira tudo a seguir!

Publicidade

Indústrias oferecem oportunidades para jovens aprendizes

O SENAI em parceria com o Jovem Aprendiz está disponibilizando mais de 60 mil oportunidades para jovens brasileiros ingressarem no mercado de trabalho com qualificação profissional. Diversas empresas e indústrias parceiras do SENAI estão disponibilizando suas vagas através da iniciativa, totalizando 61.218 oportunidades em 20 estados e no Distrito Federal, somente para os primeiros meses do ano.

O Jovem Aprendiz é um programa que existe há anos e possibilita a entrada de jovens no mercado de trabalho, através de parceiras com SENAI, empresas e indústrias. Os jovens têm a chance de iniciar um trabalho ao mesmo tempo que realizam um curso profissionalizante.

É uma excelente oportunidade e através da iniciativa centenas de jovens brasileiros vão ter o seu primeiro emprego nesse ano. Outros processos seletivos como esse devem acontecer ao longo dos meses, esse sendo apenas o começo das vagas. Se você é jovem e nunca trabalhou, essa pode ser a sua chance, por isso confira aqui todos os detalhes que você precisa saber para participar.

Requisitos para participar

Para poder concorrer a essas oportunidades, o jovem interessado precisa atender uma série de requisitos impostos pela Lei de Aprendizagem. É preciso, por exemplo, ter entre 14 e 24 anos, estar matriculado a partir do 9º ano do ensino fundamental/EJA ou já ter concluído o ensino médio.

Também é indicado que o estudante resida próximo a uma unidade da empresa na qual participará do processo seletivo. Um detalhe muito importante dessas vagas é que os processos seletivos vão ser organizados e realizados pelas próprias indústrias parceiras, e os candidatos interessados poderão conferir mais detalhes na página do SENAI ou indo até uma unidade perto de você.

Detalhes sobre as vagas

Todos os cursos oferecidos através dessas oportunidades são gratuitos e o jovem também receberá um contrato de trabalho com duração de até dois anos com carteira de trabalho assinada em uma das empresas parceiras do SENAI. O candidato, portanto, poderá trabalhar na empresa ao mesmo tempo que estuda e adquire todo o conhecimento necessário. A combinação da parte teórica com a parte prática irá fornecer ao candidato mais preparação e conhecimento que poderá ajudá-lo a conseguir novas oportunidades de emprego ou a ser efetivado na empresa.

A jornada de trabalho, que engloba o curso e o estágio, é de 6 horas por dia para quem ainda não concluiu o ensino fundamental e de 8 horas por dia para quem já concluiu. O jovem aprendiz receberá todos os benefícios trabalhistas a que possui direito e o seu salário será calculado com base no salário mínimo/hora, nas suas atividades e área de atuação.

O jovem aprendiz ainda terá direito a receber férias remuneradas no mesmo período que as férias escolares, 13º salário, vale-alimentação, vale-transporte e diversos outros benefícios que são garantidos por lei.

Programa Indústria 4.0

O SENAI é conhecido por seus cursos mais tradicionais em diversas áreas de atuação, mas a instituição também mantém uma parceria com a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Produtividade que resultou no lançamento do Programa Aprendizagem 4.0 no ano passado. O programa segue as principais regras da aprendizagem, tendo um formato digital e alinhado com as necessidades da indústria 4.0.

Esse programa combina o ensino a distância e presencial em 12 cursos que se encontram nas principais áreas tecnológicas como metalomecânica, manufatura avançada e tecnologia da informação. Essas áreas foram as escolhidas porque, segundo o SENAI, possuem maior empregabilidade na indústria.

Os jovens que participarem dos processos seletivos das indústrias poderão participar desse programa e escolher um dos cursos de acordo com o cargo que ocupará na empresa. Após o término do programa 4.0, o jovem poderá seguir para um curso de nível superior ou se manter na área técnica.

Cursos gratuitos oferecidos

Dentro do Programa de Aprendizagem 4.0, como falamos, são oferecidos 12 cursos distribuídos nas três principais áreas da indústria atualmente. Os jovens aprendizes podem escolher entre esses cursos, de acordo com a empresa na qual estão se candidatando. Veja, a seguir, quais são esses cursos gratuitos oferecidos:

Na área de metalmecânica:

– Técnico em Mecânica;

– Programador de Manutenção Mecânica;

– Programador de Produção Mecânica;

– Operador de Máquinas e Ferramentas Convencionais;

– Fresador Mecânico;

– Torneiro Mecânico;

– Ajustador Mecânico.

Na área de Manufatura Avançada:

– Técnico em IoT (Internet das Coisas);

– Técnico em Cibersistemas para Automação.

Na área de Tecnologias da Informação e Comunicação:

– Programador Front-End;

– Programador Back-End;

– Programador Full Stack.

Como se inscrever

O processo seletivo dessas oportunidades será realizado pelas indústrias parceiras do SENAI e você poderá encontrar no site da instituição a divulgação das informações. Mas recomendamos que acesse o site da empresa ou indústria de sua cidade para conferir os detalhes e ficar por dentro de tudo.

As inscrições são gratuitas e online, você não precisa sair de casa. Basta preencher um formulário com todos os seus dados pessoais e aguardar. Algumas indústrias podem realizar um processo seletivo com diversas etapas, incluindo entrevistas. Por isso, leia o edital completo e fique por dentro de todas as etapas para poder participar e não correr o risco de ser desclassificado.

A duração do processo seletivo também dependerá de cada empresa, por isso alguns já podem estar rolando. Não perca mais tempo, acesse o site do SENAI, veja as opções disponíveis e se inscreva. São mais de 60 mil oportunidades e você pode ser escolhido.