A Azul Linhas Aéreas disponibilizou vagas para aprendizes em diversos estados do Brasil. Quatro estados brasileiros estão com essas vagas.

Publicidade

E até o momento as vagas disponibilizadas são para call center em Belo Horizonte (MG), em Aeroportos de Belém, Campinas e também de Florianópolis, além da sede da empresa que fica em Barueri (SP).

A seguir é possível conferir mais informações sobre as vagas e saber como se candidatar.

Publicidade

Requisitos para se candidatar como jovem aprendiz na Azul Linhas Aéreas

O jovem que queira inscrever-se como aprendiz na Azul precisa cumprir com os seguintes requisitos:

– Estar cursando ou ter concluído o ensino médio;

– É importante ter conhecimento em Excel;

– Conhecimento em inglês é um diferencial também;

– Também é necessário ter disponibilidade de trocar de horário na escola, caso seja necessário;

– Para se inscrever como jovem aprendiz é também necessário ter entre 14 a 24 anos, mas a idade exata para a vaga é necessário buscar diretamente com a Azul, segundo o cargo desejado;

– Outro requisito importante, não somente para conseguir a vaga, como também para mantê-la, é ter uma boa frequência escolar. O programa preocupa-se com o equilíbrio entre estudos e trabalho.

A carga horária de trabalho para os jovens aprendizes na Azul é de 4 horas por dia. E esses jovens atuarão com tarefas da área administrativa, em atividades operacionais, apoio no atendimento ao cliente, etc.

Os candidatos devem acessar o site da Voe Azul Guly para fazer a inscrição. Lá há também outras vagas disponibilizadas pela empresa, tanto para jovem aprendiz, como também para estágio e vagas de emprego.

Elaborar um bom currículo e se preparar para a entrevista são duas dicas ótimas. Com isso as suas chances de conquistar uma vaga de emprego como aprendiz na Azul são maiores.

Quais são os direitos do jovem aprendiz?

O programa jovem aprendiz é regulamentado pela Lei da Aprendizagem, conhecida como Lei 10.097/2000. Por meio dele o jovem se prepara para atuar no mercado de trabalho, aumentando suas chances de ser contratado.

Além da qualificação profissional, o jovem aprendiz também recebe capacitação através de cursos profissionalizantes. Com isso ele sai do programa preparado para concorrer a uma vaga de emprego CLT tendo a mesma chance que outros profissionais.

No caso das vagas disponibilizadas pela Azul, não existem informações sobre os benefícios que os aprendizes terão, mas segundo o que é determinado pelo programa, o jovem aprendiz tem direito a:

– Jornada de trabalho que não ultrapassará 6 horas diárias;

– Não é permitido que ele faça hora extra, devendo cumprir apenas com as horas regulares;

– Há direito a salário tendo como base o salário mínimo por hora, o qual é proporcional às horas que foram trabalhadas;

– Também tem direito ao 13º salário;

– Regime de trabalho com direito a carteira assinada;

– Receber formação na área em que atuar na empresa;

– Férias remuneradas (coincidindo com as férias escolares);

– Direito também a 2% de FGTS;

– Vale-transporte;

– Contrato de trabalho que possui duração de até 2 horas;

– E no caso dos homens, aqueles que precisem se afastar para servir no exército terão a continuidade no pagamento do FGTS.

O aprendiz também não pode trabalhar durante a noite nos períodos de 22h a 5h. E dos dias da semana que são destinados ao trabalho, há que se isolar um dia para a realização do curso profissionalizante, o qual deve ser na mesma área da vaga de trabalho conquistada.

Projeto que tramita na Câmera trará mais benefícios para os aprendizes

São muitos benefícios que o jovem na condição de aprendiz possui e haverá mais, se o projeto de lei que tramita na Câmara dos deputados for aprovado.

Como o cenário no mercado de trabalho mudou por conta da pandemia, então é importante que os profissionais se adequem a nova realidade, o que compreende também jovens aprendizes.

Posso ser aprendiz tendo feito curso superior?

Desde que sejam cumpridos os requisitos do programa, não há nada que impeça o jovem que faça ou tenha concluído curso superior de ser aprendiz. Mas é importante se informar antes diretamente com a empresa na qual deseja atuar (nesse caso, na Azul).

Um aprendiz pode ser efetivado?

Se o jovem na condição de aprendiz se destacar, mostrando um ótimo rendimento e desenvolvimento dentro da empresa, é possível que após o contrato ser encerrado ele seja efetivado (mas não é uma garantia). Nada impede a empresa de fazer isso.

O objetivo desse programa é conceder um impulso ao jovem que busca o primeiro emprego, mas nada impede que esse jovem se destaque no ambiente de trabalho e seja contratado em regime CLT normal pela empresa quando seu contrato de aprendiz encerrar. É por isso que você deve dar o melhor de si.

Por que a Azul e outras empresas contratam aprendizes?

Tanto para a Azul quanto para as demais empresas que oferecem vagas para aprendizes, as principais vantagens são contar com a mão de obra e o olhar de pessoas jovens e atualizadas com o que é inovador, mas, além disso, existem também os benefícios fiscais.

Na folha de pagamento, essas empresas destinam 8% de FGTS para o funcionário CLT, enquanto que para o aprendiz elas precisam reservar apenas 2%. No fim das contas, será um valor considerável.

Outro benefício fiscal para as empresas que contratam aprendizes é que em caso de demissão elas não precisam pagar multa de 40% e nem devem realizar aviso prévio remunerado.

Por que ser jovem aprendiz vale a pena?

Ser jovem aprendiz Azul ou de qualquer outra empresa é o primeiro passo para sua carreira profissional.

Essa experiência obtida atuando numa empresa por meio do programa ficará no seu currículo. Mas, claro, há ainda toda a experiência que o jovem obterá no processo, com ele podendo também conhecer melhor a área da vaga para descobrir se é aquela profissão que deseja seguir em sua vida.

Por fim, outra vantagem é que o jovem ainda terá um salário todo mês que ajudará sua família.